“Quando a sociedade atinge um estágio em que a propriedade confere a nobreza, a riqueza se torna a única fonte da virtude, a paixão o único vínculo entre o marido e a esposa, a falsidade a única fonte do sucesso na vida, o sexo a única forma de prazer, e quando truque e demonstrações exteriores são confundidas com a verdadeira religião…” estamos entrando em uma era de conflito. Conflito entre o que é certo ou errado, entre o que é bom ou mal sempre vai existir, em menor ou maior grau.
A pessoa é influenciada pelo meio mundano e possui uma tendência inerente a tornar-se um ser humano autômato e comum. Tudo tem sua hora e seu lugar. Em certos momentos da vida o ser humano precisa se interiorizar e entrar em contato com o seu Eu Verdadeiro. Meditar sobre a degradação moral pode nos levar a quebrar um estado de conflito interior.
O sucesso não vem antes do trabalho. O sucesso pessoal, profissional, material ou mesmo espiritual é algo que se deve “pagar” antes para obtê-lo. Trabalhe seu interior. Lute com convicção.”
Vitor Hugo Panhóca

“Se vocês podem resistir, conscientemente, à maléfica tendência de errar, à permanente tentação que todos, eu e vocês, temos para nos enganar, até que tenhamos formado o hábito de oferecer somente o melhor, seja nos estudos, nas reflexões ou no trabalho clínico, tão bem se desenvolverá nosso caráter que jamais será permitido o erro, e se algum trabalho não for considerado excelente, não haverá descanso até que às imperfeições sejam sanadas.”
E. H. Angle